Detran faz doação de vans para a PMA

Publicado dia: 8 de Fevereiro de 2018


Campo Grande (MS) – O Diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS), Roberto Hashioka, assinou na manhã desta quinta-feira (08) o termo de doação de 02 vans, modelo Peuget Boxer, para a Polícia Militar Ambiental (PMA). Os veículos serão utilizados para o transporte das crianças que fazem parte do Projeto Florestinha, em Campo Grande.

Na ocasião Hashioka ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelo projeto e da preocupação em fazer com que os bens públicos que não estavam mais sendo utilizados, tenham um emprego junto a outros órgãos. “Os dois veículos já se encontravam a disposição para leilão na SAD, a PMA manifestou interesse e prontamente aceitamos realizar a doação. O mais importante é que esses veículos serão destinados a um projeto que já atendeu mais de 40 mil crianças nas escolas do Estado, e que acolhe 120 crianças em Campo Grande, sendo essas responsáveis por realizar os trabalhos de educação ambiental”, ressalta Hashioka.

O comandante da Polícia Militar no Estado – Cel. Waldir Acosta, destacou a importância da participação ativa das crianças nas questões que envolvem educação de trânsito e ambiental. “A parceria com o Detran-MS já vem de longa data e acreditamos que as crianças são o caminho para a conscientização. Tanto no que diz respeito ao trânsito e nas causas ambientais, ensinando reciclagem, plantio de mudas, etc. Com toda certeza os veículos serão bem utilizados”, afirma Cel. Waldir Acosta.

Participaram do evento o Tenente-coronel Queiroz da Polícia Militar Ambiental e coordenador do Projeto Florestinha, Capitão Ribeiro – assessor de comando da PM/MS, Tenente-coronel Franco Alan - responsável pelo Observatório de Trânsito do Detran-MS, Coronel Longatto -responsável pela Assessoria Militar do Detran-MS, Sargentos Lenival, França e Corrêa assessores militares do Detran-MS, Cel. Libório – diretor adjunto do Detran-MS, Marlene Nogueira – diretora de educação, diretor de Administração e Finanças - Luiz Carvalho, chefe da Divisão de Serviços Administrativos – Marcelo Almeida e o servidor da Disad – André Canuto, monitor do Projeto Florestinha - sargento PMA Giovani e algumas crianças que fazem parte do Projeto.

 

Projeto Florestinha

O Projeto Florestinha é um trabalho social e ambiental desenvolvido pela Polícia Militar Ambiental, o qual trabalha com crianças e adolescentes carentes de 07 a 16 anos, tirando-lhes das ruas, ou permitindo que eles não caíssem nas ruas, dando-lhes a chance de ter uma profissão e ensinando-lhes a serem cidadãos com sensibilidade ambiental. Iniciou as atividades em 23 de novembro de 1992, no município de Campo Grande com 50 crianças.

Atualmente as crianças do Projeto Florestinha realizam nas escolas trabalhos de Educação Ambiental, por meio do teatro de fantoches e oficinas com vários temas, tais como: Plantio de Mudas, com palestra sobre desmatamento, erosões e importância da flora, etc. Reciclagem de papel, com palestra sobre os problemas relacionados aos resíduos sólidos. Visitação ao museu de animais e peixes taxidermizados (empalhados), com palestra sobre fauna, pesca, atropelamentos de animais silvestres. Ciclo da Água, com palestras sobre o uso sustentável, poluição e escassez dos recursos hídricos e, Casa da Energia. Trata-se de uma maquete de uma residência com todos os locais de consumo de energia (lâmpadas, chuveiros, ar condicionado, geladeira, micro-ondas etc.). Com esta oficina é realizada a discussão e informação sobre os tipos de energia e a importância ambiental de se economizar este recurso.

Voltar