Detran lista dicas para pilotar motos com mais segurança

Publicado dia: 27 de julho de 2017


Campo Grande (MS) – Sensação de liberdade, agilidade, economia. Essas são, sem dúvidas, emoções sentidas pelos motociclistas, um segmento que cresce a cada dia, seja por conta de trabalho, pela mobilidade facilitada que permite, ou até mesmo para o lazer.

Mas, ao mesmo tempo em que oferecem praticidade, economia, agilidade, as motos também requerem de seus condutores, posturas e comportamentos onde a atenção e o respeito às regras de trânsito devem ser prioridade. Afinal, elas não oferecem a mesma proteção ao seu condutor que os outros veículos motorizados.

No trânsito, o motociclista é o responsável pela própria segurança – e também a das demais pessoas com as quais compartilha as vias. Exatamente por isso, ele não deve negligenciar as regras e os equipamentos para sua proteção, em Mato Grosso do Sul a frota de motocicletas é de 442.081 mil.

Nesta quinta-feira (27.7) comemorado o Dia Nacional do Motociclista, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS) alerta sobre a necessidade de mais prudência e atenção ao pilotar motocicletas. Listando os doze mandamentos do motociclista elaborados pela Associação Brasileira de Motociclistas (Abram). Confira:

  1. Mantenha a motocicleta sempre em ordem
    Verifique a calibragem e o estado geral dos pneus; verifique farol, setas, lanterna e luz de freio; Verifique o cabo, lonas, ou pastilhas, fluido e a regulagem se for freio hidráulico; verifique o cabo, e a regulagem da folga ideal do sistema hidráulico; verifique os amortecedores traseiros e as bengalas dianteiras quanto a vazamentos; verifique a vela, cachimbo e cabo; troque periodicamente o conjunto de coroa, corrente e pinhão; tenha sempre a mão a CNH, DUT, IPVA e o seguro obrigatório; utilize o protetor de pernas ("mata-cachorro") e antena anti- cerol.
  1. Pilote utilizando equipamentos de segurança
    Capacete aprovado pelo Inmetro; calça e jaqueta de tecido resistente (preferencialmente de couro); use sempre botas ou sapatos reforçados e luvas, de preferência de couro.
  1. Reduza a velocidade
    Quanto menor a velocidade, maior será o tempo disponível para lidar com o perigo de uma condição adversa ou situações inesperadas, como mudança súbita de trajetória de outro veículo.
  1. Atenção e concentração
    O ato de pilotar motocicletas exige muita atenção do motociclista, por isso evite se distrair.
  1. Respeite a sinalização de trânsito
    Conheça e respeite os sinais e as placas de trânsito.
  1. Cuidado nos cruzamentos
    Os cruzamentos são os locais de maior incidência de acidentes de trânsito, então redobre a sua atenção e reduza a velocidade ao se aproximar, principalmente nos cruzamentos sem sinalização de semáforos.
  1. Cuidado nas ultrapassagens
    Sinalize com antecedência sua manobra e certifique-se de que você realmente foi visto pelo motorista a ser ultrapassado; cuidado ao passar entre veículos, principalmente ônibus e caminhões.
  1. Cuidado com pedestres
    Lembre-se de que o pedestre tem prioridade no trânsito urbano; seja cordial e cuidado com os pedestres desatentos, principalmente crianças e idosos.
  1. Seja visto
    Ao pilotar à noite, use roupas claras e com materiais refletivos; se estiver em rodovia ligue o pisca alerta.
  1. Alcoolismo
    Está mais que provado que bebida e direção não combinam. Então, se beber não pilote, fique vivo no trânsito.
  1. Mantenha distância
    É imprescindível manter uma distância segura dos veículos à frente (cerca de cinco metros) principalmente em avenidas e rodovias.
  1. Cuidado com a chuva
    Redobre a atenção, reduza a velocidade e evite freadas bruscas; lembre-se de que nestas condições o tempo de frenagem é duas vezes maior que o normal.

Voltar