Campanhas Nacionais


O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) estabelece, anualmente, os temas e cronogramas das campanhas de âmbito nacional que deverão ser promovidas por todos os órgãos ou entidades do Sistema Nacional de Trânsito.  Essas campanhas devem ser cuidadosamente planejadas, englobando as etapas de: pesquisa, elaboração da campanha, pré-teste e pós-teste.

Maio Amarelo

O movimento Maio Amarelo nasceu com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

O movimento é desenvolvido através de diversas ações educacionais, tais como: atos públicos de panfletagem e orientação educacional; exposição de carros batidos; estacionamento de cadeiras de rodas em vagas especial; blitz educativa; entre outros. Para participar deste evento em prol da vida no mês de maio, basta entrar em contato através do e-mail: diedu@detran.ms.gov.br ou pelo telefone (67) 3368-0169.

Semana Nacional de Trânsito

O Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) define, anualmente, o tema para ser trabalhado na Semana Nacional de Trânsito. O tema acompanha a evolução das ações de campanha de educação de trânsito do órgão e as ações da “Década Mundial de Ações para a Segurança do Trânsito – 2011/2020”. A principal finalidade é conscientizar o cidadão de sua responsabilidade no trânsito, valorizando ações do cotidiano e visando a participação de todos para o alcance da segurança viária.

Prevista na lei 9503, de 23 de setembro de 1997 – Código de Trânsito Brasileiro, a Semana Nacional de Trânsito é comemorada entre os dias 18 e 25 de setembro com a finalidade de conscientizar a sociedade, com vistas à internalização de valores que contribuam para a criação de um ambiente favorável ao atendimento de seu compromisso com a “valorização da vida” focando o desenvolvimento de valores, posturas e atitudes, no sentido de garantir o direito de ir e vir dos cidadãos.

A semana tem uma abrangência nacional e mostra a mudança de postura do governo frente a este assunto, além de ser um convite à participação de toda a sociedade no esforço para a redução de acidentes.

Voltar