Workshop de Crimes de Trânsito encerra atividades do Maio Amarelo nesta quarta-feira

Publicado dia: 27 de maio de 2019


Assunto será debatido por representantes de diversos órgãos responsáveis pelo trânsito no Estado. (Foto: Vivianne Nunes)

Fiscalização de Trânsito e seu dever social. Esse é o tema da palestra que será ministrada na abertura do primeiro Workshop de Crimes de Trânsito que será realizada pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) em parceria com a OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso do Sul) nesta quarta-feira (29), encerrando as atividades o Maio Amarelo no auditório da Ordem.

O assunto será apresentado pelo chefe do setor de Fiscalização de Trânsito do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), André Canuto. “Nosso objetivo é debater esse delicado tema que vem trazendo dor a várias famílias, com a perda de seus entes queridos ou a interrupção de sonhos com tratamentos dolorosos de recuperação de lesões causadas nos crimes de Trânsito”, esclareceu.

Segundo Canuto, a palestra de abertura do evento vai abordar o aspecto facilitador na mobilidade de nossas cidades e como ferramenta para coibir a prática dos crimes de Trânsito, demonstrando o papel da fiscalização que, atua em prol da sociedade como um todo. “Observamos isso quando retiramos veículos sem condições de trafegar das ruas ou quando abordamos um condutor não habilitado ou alcoolizado”, esclareceu Canuto.

De acordo com ele, a preocupação surge no momento em que os acidentes de trânsito são o segundo maior motivo de registro de ocorrências policiais no Estado, perdendo apenas para a violência contra a mulher. “Essa preocupação não é apenas do Detran, mas também do Tribunal de Justiça, da OAB e do Ministério Público, que são nossos parceiros nesta ação”, ressaltou.

Na ocasião, o membro da Comissão de Mobilidade Urbana da OAB/MS, Erickson Carlos Lagoim vai falar sobre As Leis de Trânsito em Defesa da Vida. “Ficamos honrados pelo convite para participar desse evento de extrema importância. Vamos falar sobre as leis em defesa da vida e passar para o cidadão quais são os seus direitos e deveres. É importante entender a realidade e quais são as ações desenvolvidas de prevenção para termos um ambiente saudável no trânsito da nossa cidade.”, destacou o advogado.

De acordo com a programação, o terceiro palestrante será o coordenador do Núcleo Criminal do Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul, Fábio Ianni Goldfinger. Em seguida, o juiz auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Fernando Chemin Cury, irá palestrar sobre a “Necessidade de aplicação das penas nos crimes relacionados ao trânsito”.

O evento terá início às 14h e será finalizado às 18h com uma roda de debates que irá incluir representantes das policias Civil e Militar. As inscrições podem ser feitas gratuitamente no próprio site do Detran-MS e a entrada é um quilo de alimento não perecível.

Vivianne Nunes

Voltar